TENHA UMA ALIMENTAÇÃO CONSCIENTE COM O MINDFUL EATING

29/01/2020 3 min de leitura

Em nosso último artigo, você conheceu um pouco mais sobre a prática do MINDFULNESS. Agora você vai entender como podemos levar a prática para os momentos de alimentação através do MINDDFUL EATING.

Quantas vezes você se pegou fazendo as refeições no “piloto automático”? Tomando café da manhã às pressas, ou nem isso, só tomou aquela xícara de café e saiu correndo para o trabalho. E ao chegar em casa, ao fim de um dia exaustivo, só fez aquele sanduíche rápido e já foi super cansado deitar para dormir. É dessa forma que, muitas vezes, estamos nutrindo o corpo: totalmente desconectados.


O oposto dessas práticas desleixadas seria uma alimentação consciente e cheia de conexão com as necessidades e percepções do nosso corpo e mente. Diante disso, é sabido que estratégias de Mindful Eating podem incentivar e auxiliar na construção de comportamentos alimentares mais saudáveis, mantendo assim a atenção plena naquilo que realmente importa na hora da refeição: a comida.

E POR QUE É IMPORTANTE DARMOS ATENÇÃO AO ALIMENTO?

Alguns dos prejuízos de uma alimentação desatenciosa são:

Aumento de peso
Má digestão
Gases
Risco de aumento de doenças cardíacas e diabetes

Quando comemos rapidamente, por exemplo, não damos o devido tempo para o cérebro entender que estamos saciados. Ou seja, nos empanturramos de comida de maneira rápida e não conseguimos sentir a saciedade chegando. Por outro lado, quando comemos devagar, nosso cérebro vai assimilando as garfadas e registrando a sensação de saciedade aos poucos, com isso, não terminamos a refeição com aquela péssima sensação de quem comeu além da conta.

Além disso, ao comermos devagar, facilitamos o processo de digestão, tendo em vista que a mastigação diminui a quantidade de trabalho do estômago.

Há ainda toda a questão visual da situação. Quando olhamos para a comida e interagimos visualmente com ela, entramos em um processo chamado de saciedade visual, o que torna ainda mais fácil a sensação de satisfação.

Diante das situações de caos total durante as refeições, entra a prática do Mindful Eating.

MINDFUL EATING

Agora, vamos às dicas para você se sentir totalmente presente na hora das refeições e tirar o máximo de proveito desses momentos tão importantes.

Reserve, no mínimo, 20 minutos para completar a sua refeição. Sempre que for começar a comer, concentre-se no momento, sinta-se com atenção total em sua refeição, sem distrações, tais como computador, televisão ou celular. Se necessário, faça algumas respirações para lhe trazer para o momento presente. Depois perceba a quantidade e a qualidade da comida que colocou no prato, dê garfadas pequenas, desfrute das cores, formas, texturas e dos aromas envolvidos. Saboreie cada pedaço e sinta o que lhe desperta.

Praticar atenção plena promove menores chances de reações a emoções ou circunstâncias ruins que, no caso da alimentação, poderia culminar em uma alimentação de forma mais emocional.

Muitas vezes, comemos para viver, pois é através da alimentação que obtemos nutrientes. Já em um outro extremo, optamos por viver para comer, utilizando o alimento como forma de compensação para as frustrações, uma verdadeira válvula de escape para aliviar nossas dores. Quem pratica Mindful Eating responde de forma mais apropriada e consciente, podendo evitar exageros e compulsões.

Resumindo, alimentação plena é:

Ter consciência de seus sinais físicos e emocionais;
Concentrar-se no momento da refeição;
Reconhecer os indícios de fome, vontade, saciedade e os “gatilhos” que nos fazem comer;
Entender outras necessidades (emocionais, por exemplo) e buscar maneiras mais eficazes – além do comer – para se satisfazer;
Escolher alimentos que vão nutrir e dar prazer;
Comer para obter a satisfação e a saciedade ideais.

Que tal fazer a experiência de comer atentamente e sem julgamentos? Você pode escolher justamente um alimento que você já sabe que come com culpa, ou em excesso, e observá-lo melhor em todos os seus aspectos. Você pode se surpreender com os resultados.

Fontes:

https://www.minhavida.com.br/alimentacao/materias/12203-comer-prestando-atencao-em-cada-garfada-ajuda-a-emagrecer

https://www.tuasaude.com/consequencias-de-comer-rapido/