Estética x Autoestima: entenda o que você pode fazer pelo seu corpo

05/03/2020 5 min de leitura

Todos nós temos aspectos estéticos que incomodam verdadeiramente e acabam afetando a autoestima. No caso das mulheres, essas insatisfações, muitas vezes, estão ligadas a questões como acnes, excesso de peso, gorduras em locais específicos, celulites, rugas, estrias, tamanho dos seios e uma série de outros fatores.

Ao longo do tempo, vamos construindo as nossas próprias ideias sobre o que é realmente bonito, e esses “defeitos” passam a incomodar cada vez mais. A partir daí, criamos padrões e definimos o que é “perfeito” ou não. Cada um tem a sua própria ideia do que é bonito e cada um cria seus próprios padrões. 

Além disso, recebemos grandes influências estéticas advindas da internet. São diversos conteúdos postados diariamente nas redes sociais fortificando padrões que muitas mulheres querem replicar:  pele de seda, corpos altamente magros, músculos definidos, barriga negativa, coxas delineadas, bumbum na nuca, e nada de estrias ou celulites.

A busca pela construção dos corpos considerados perfeitos pode suscitar as seguintes perguntas: o que são os corpos realmente perfeitos se existem tantos tipos de corpos? Por que precisamos considerar um único padrão se existem tantas cores, formas e tamanhos diferentes? Preste atenção na imagem abaixo e responda: qual desses perfis é o perfeito? 

Fonte: shutterstock

Não existe um padrão, então por que devemos considerar que um deles é o perfeito? Marcas, cicatrizes, sinais, gorduras a mais e outros aspectos naturais do corpo e da pele são processos naturais que têm a ver com as fases da vida, portanto, é importante compreendê-los e encará-los com uma leveza maior. 

Tendo tudo isso claro, vamos te dar algumas dicas que ajudarão a cuidar melhor do seu corpo e, consequentemente, da sua mente. 

1º passo: Trabalhe a sua autoimagem

Se existem grandes insatisfações quanto à sua imagem externa, com certeza a questão é bem mais profunda. Busque entender quais as suas maiores reclamações em relação à sua aparência, de onde elas vêm e por que elas existem. Para isso, converse com amigos, familiares e, se necessário, procure um profissional. 

Entenda que nossos maiores problemas possuem, em sua maioria, origem psicológica. Diante disso, para mudar o que nos incomoda, devemos procurar entender nossos pensamentos, buscar nutrir bons sentimentos e entender que vulnerabilidade não é um problema. Nós precisamos reconhecer que precisamos de ajuda para deixar certas amarras para trás e seguir em frente.

Além disso, você pode procurar trabalhar sua autoestima através da construção de uma autoimagem mais positiva.  Coloque-se todos os dias em frente ao espelho, olhe para além do seu corpo, admire a pessoa que você está vendo por tudo que ela já construiu, todas as barreiras que ultrapassou, todas as conexões pessoais estabelecidas. Tudo que você fez, viveu ou presenciou te trouxe até aqui, portanto, saiba reconhecer tudo isso e passe a se admirar. E então, olhe para os aspectos físicos: qual a origem das suas estrias? E suas cicatrizes? A flacidez no seu rosto significa que você envelheceu? Todos esses aspectos físicos contarão uma história. E o que essas histórias te ensinaram ao longo da vida? Elas ajudaram você a construir quem você é hoje? Então aprenda a entender e admirar as marcas e histórias que ajudaram a construir seus pensamentos e tudo ao seu redor.

2º passo: Cuide da sua alimentação

Quando se fala em melhorar a imagem pessoal, a primeira coisa que deveria ser lembrada é: melhoria da alimentação. Tudo o que colocamos em nosso prato está intimamente relacionado ao funcionamento do corpo e, especialmente, à maneira como ele se apresenta. Ao garantir um prato mais colorido e variado, contemplando todas as vitaminas e minerais, também garantimos um corpo mais saudável, uma pele mais jovem, cabelos nutridos, e claro, mais disposição para o dia a dia.  

Para melhora do aspecto de acnes, por exemplo,  uma dieta anti-inflamatória ajuda a diminuir bastante a produção de sebo, consequentemente a inflamação da pele. Portanto, reduza:

o consumo de leite;
açúcares e
alimentos gordurosos.

Por outro lado, se as rugas são uma preocupação, invista em uma dieta rica em vegetais e legumes com excelentes quantidades de nutrientes como a Vitamina C, silício e Vitamina E. Além disso, a redução do consumo de carnes e alimentos industrializados proporciona uma pele com aspecto bem mais uniforme e hidratado.

3º passo: Pratique atividade física

Os exercícios não servem apenas para tonificar o corpo e deixá-lo mais delineado. Ao praticar atividades físicas  regularmente, você consegue melhorar sua saúde física e mental, criando uma sintonia maior entre corpo e mente. E, para além da perda de peso, que é uma consequência da inserção de exercícios na rotina,  você ainda pode ficar com a pele mais firme e uniforme.

Outro aspecto importante da atividade física para a pele, é que a prática de exercícios aumenta a produção de substâncias químicas, como o hormônio do crescimento (GH) e L-glutamina, ambos exercem grande ação antienvelhecimento e são liberados principalmente na musculação.

As atividades físicas regulares também ajudam a combater os radicais livres, ajudando assim a retardar o envelhecimento precoce da pele. Além de tudo isso, é importante deixar claro que quem pratica atividades físicas dorme melhor, e o descanso adequado deixa a pele com um aspecto muito mais bonito.

4º passo: Invista em procedimentos estéticos

Você conhece seu corpo e conhece suas necessidades! Os procedimentos estéticos são mais um aliado quando o assunto é saúde e bem-estar. Existem muitas opções de procedimentos, eles são feitos para diversas partes do corpo, possuem os mais variados preços e, em geral, são pouco invasivos.  Os procedimentos estéticos proporcionam a melhora da celulite, aspecto de estrias, flacidez, cicatrizes de acnes e diminuição de manchas da pele. Estes, associados ao uso de bons cosméticos, hábitos alimentares saudáveis e práticas de atividade física geram excelentes resultados, melhorando a autoestima das mulheres.

Para o rosto:

– Máscaras
– Peelings
– Botox

Para o corpo:

– Massagens
– Drenagens

Você também pode aplicar as suas próprias versões dos tratamentos estéticos. Aqui vão algumas receitas caseiras:

Máscara de abacate para o rosto:

Os componentes dessa receita são ricos em vitaminas A, B6, E e K, grandes aliados no combate às rugas e linhas de expressão.

Ingredientes:
Metade de um abacate maduro;
1 colher de sopa de óleo de gérmen de trigo;
Meia colher de chá de suco de limão recém-espremido.

Modo de preparo:
amasse o abacate até formar uma pasta, adicione o óleo de gérmen de trigo e o suco de limão e misture bem. Aplique a máscara no rosto e pescoço por 10 a 15 minutos e depois enxágue com água morna.

(Fonte: Dicas de mulher)

Automassagem modeladora

A automassagem combina cremes com princípios ativos que atuam na redução das gorduras localizadas, flacidez, celulites e estrias. Portanto, você deve escolher o creme de acordo com o seu objetivo.

Lembre-se: você precisa de um certo tempo para realizar esta massagem, portanto, escolha um momento do dia em que você esteja livre e relaxada.

1º passo: tome um banho e deixe a pele limpa para que ela possa absorver devidamente os ativos do produto.

2º passo: escolha um creme de qualidade e que atue de acordo com o seu objetivo: redução da flacidez, melhora das estrias e celulites e outros.

3º passo: na região do abdômen, faça movimentos circulares no sentido horário ao redor do umbigo e com as mãos abertas. Em seguida, vá do fim do abdômen ao início das mamas com as mãos espalmadas e cada uma puxando para um lado. Para finalizar, deslize as mãos abertas da parte de baixo da barriga até as dobras inferiores dos seios.

(Fonte: Vix)

5º passo: Leve a vida mais leve

Apesar de termos avançado muito em direção à ruptura dos padrões de beleza, ainda há um longo caminho a ser percorrido para aceitarmos nossas características e individualidades. Sentir-se bem consigo é prioridade, mesmo que para isso seja necessário mudar um pouco a rotina e até contar com tratamentos específicos. Se todo esse caminho ainda for muito difícil para você seguir sozinho, procure a ajuda de profissionais qualificados, como psicólogos, nutricionistas, dermatologistas, personal trainers. 

Leve a vida mais leve, alimente a sua autoestima, cuide de si e, acima de tudo, ame-se. Você é perfeita do jeito que é!

Fontes:

https://www.correiobraziliense.com.br/app/noticia/ciencia-e-saude/2018/11/25/interna_ciencia_saude,721389/redes-sociais-podem-afetar-negativamente-como-mulheres-veem-proprio-co.shtml

https://www.bbc.com/news/health-26952394